Por que investir em Responsabilidade Social?

Andrea Cantarelli

Consciência cidadã é aquela que vai além das fronteiras

estabelecidas a um só organismo, seja ele uma pessoa ou uma empresa. A dimensão desse entendimento aumenta proporcionalmente a partir de um olhar ampliado que deve incorporar cada vez mais contextos sociais e assumir funções e atitudes positivas em cada um deles. O resultado ideal deste modelo é o desenvolvimento contínuo e sustentável com organizações responsáveis socialmente. Para que exista um percentual aceitável de discernimento e atitude cidadã, o plano a ser traçado deve incluir os principais pilares representantes da sociedade, Público, Privado e Terceiro Setor.



Como uma colcha de retalhos, formada por vários tecidos que só fazem sentido quando costurados juntos, essas bases da sociedade devem estar conectadas para que se enxergue a real capacidade de transformação cidadã em uma organização, cidade, estado, ou país.


Segundo a Organização Internacional Não Governamental ISO, o ISO 26000 é um documento que referencia qualitativamente e internacionalmente padrões efetivos de Responsabilidade Social para os setores público ou privado. Serve como um guia para as empresas que pretendem operar num padrão internacional de Responsabilidade Social. O comprometimento de uma empresa, por exemplo, com o desenvolvimento social e ambiental é um dos principais meios para mensurar o desempenho referente à operacionalização do setor de Responsabilidade Social.


Para avaliação do grau de Responsabilidade Social de uma organização, considera-se o entendimento da empresa sobre conceitos, princípios e práticas no setor; além da análise de implantação e promoção de práticas sociais.


Outro alinhamento internacional que a empresa pode conectar com seu planejamento do setor de Responsabilidade Social são os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas elaborados em 2015 para os 15 anos seguintes - Agenda 2030. Cada objetivo tem sua particularidade e atendem a um propósito maior de fortalecer a paz universal com mais liberdade, além de identificar a erradicação da pobreza como “maior desafio global e requisito indispensável para o desenvolvimento sustentável.”



A partir do diagnóstico social e avaliação dos padrões e objetivos sociais alinhados à missão e visão da empresa, independente do porte da organização, um planejamento estruturado para a implantação ou melhoria do setor de Responsabilidade Social é crucial para a conquista da consciência cidadã da empresa, seus colaboradores, fornecedores, parceiros e clientes.


#responsabilidadesocialcorporativa #consciênciacidadã #regra3soacial #agenda2030

20 visualizações
regra3fazendoobem.png
IMG_5601.PNG
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon